Livros Lidos

Inês - 's bookshelf: read

O Grande Gatsby
Isto Acaba Aqui
A Cabana
Escrito na Água
A Rapariga Que Sonhava com Uma Lata de Gasolina e Um Fósforo
A Rapariga de Antes
O Império dos Homens Bons
Em Parte Incerta
O apelo da selva
Os Homens que Odeiam as Mulheres
Diário de Anne Frank
A Princesa de Gelo
A Quinta dos Animais
Maligna
Como é Linda a Puta da Vida
Um estranho lugar para morrer
A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert
A Rapariga no Comboio
Mulheres, Comida & Deus
A aventura do bolo de natal


Inês - Livros e Papel's favorite books »

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Novidades de Março - Boneca de Trapos de Daniel Cole




SINOPSE
O teu nome está na lista. Conseguirás salvar-te? 

William Fawkes, um controverso detetive conhecido por «Wolf», acabou de ser reintegrado no seu posto após ter sido suspenso por agressão a um suspeito. Ainda sob avaliação psicológica, Fawkes regressa ao ativo, ansioso por um caso importante. se encontra com a sua antiga colega e amiga, a inspetora Emily Baxter, num local de crime, tem a certeza de que é aquele o grande caso: o corpo que encontram é formado pelos membros de seis vítimas, suturados de modo a formar uma marioneta, que ficou conhecida como «Boneca de Trapos». Fawkes é incumbido de identificar as seis vítimas, mas tudo se complica quando a sua ex-mulher, que é repórter, recebe uma carta anónima com fotografias do local do crime, acompanhada de uma lista na qual constam os nomes de seis pessoas e as datas em que o homicida tenciona assassiná-las. O último nome da lista é o de Fawkes. A sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf. O detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele — e com o seu passado — do que qualquer um possa imaginar.
CRÍTICAS DE IMPRENSA
«Uma estreia contundente… Cole usa a tensão crescente e o mistério da verdadeira identidade do assassino para criar uma narrativa arrebatadora.»
PUBLISHERS WEEKLY 

«Um thriller tenso, dramático, com viragens muito inteligentes que o surpreenderão. Se gosta de autores como Jo Nesbø, Karin Fossum e Henning Mankell, vai adorar este livro.» 
SCRUTTON BLAND 

«A estreia mais emocionante desde há muito.» 
HEAT MAGAZINE 

«Há ecos do filme Seven neste vilão tão omnipotente.» 
THE DAILY MAIL 

«Uma estreia muito esperada, que se converterá claramente no melhor thriller do ano.»
METRO «Um ritmo vertiginoso. O primeiro romance de Cole oferece um novo olhar sobre as histórias de detectives ingleses.»
LIBRARY JOURNAL

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Vencedor do Passatempo #3 - A Espada e o Orgulho



Passatempo terminado!

O VENCEDOR É....



Sérgio Teixeira!!



Parabéns!!!





Novidade de Março - Histórias de Adormecer para Raparigas Rebeldes 2 de Elena Favilli e Francesca Cavallo




SINOPSE


Depois de o primeiro volume de Histórias de Adormecer Para Raparigas Rebeldes ter embalado mais de um milhão de pessoas, as autoras Francesca Cavallo e Elena Favilli dão-nos a conhecer cem novas histórias de mulheres extraordinárias cujas vidas imprimiram no mundo uma marca de coragem, iniciativa e irreverência. Cada biografia é um pequeno conto inspirador que nos faz sonhar com um infinito universo de possibilidades. Entre escritoras, astronautas, fotógrafas, atrizes, políticas, cantoras, professoras, ativistas, revolucionárias, rainhas, enfermeiras, acrobatas… Estão mulheres tão diferentes como Agatha Christie, Yeonmi Parke, Nefertiti, J.K. Rowling, Beatrix Potter ou Simone Veil. Vidas que renovam a nossa esperança num mundo mais justo, igualitário e belo. Histórias que inspiram a sonhar mais longe.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Opinião - Parem Todos os Relógios, Nuno Amado





Esta foi a minha estreia com o autor Nuno Amado. Já tinha ouvido falar de um dos seus livros, À Espera de Moby Dick mas não cheguei a ler.

Assim que dei caras com este livro a sua capa cativou-me logo e a sinopse deu-me a confirmação de que deveria lê-lo.

É um bom romance no qual Helena se envolve e apaixona por um italiano casado, Fabrizio, aquando de uma visita a Lisboa. Um dia, Helena vai a Itália ter com ele e sofrem um acidente de automóvel quando estavam juntos. Nunca mais teve contacto ou notícias de Fabrizio, até que um dia, 20 anos depois, recebe uma carta da filha a pedir ajuda para salvar o pai.

Após a morte de Helena, ao seu sobrinho-neto Carlos, são entregues um molhe de cartas antigas da tia Helena, através das quais ele pretende entender a vida que a tia levou, uma vez que nos últimos anos houve um grande afastamento entre os dois.

O livro é narrado alternadamente no passado e no presente e a escrita é muito simples e fluída. É uma leitura muito agradável, senti-me logo presa à história desde as primeiras páginas.
É daqueles livros que, no fim, me dá um sentimento de nostalgia, de como a vida passa num instante, de como os bons momentos às vezes são efémeres. 
Gostei muito deste livro!


Classificação: 4/5



SINOPSE
Aos trinta e seis anos, a professora de literatura Helena Remington apaixona-se loucamente por um italiano de visita a Lisboa. O romance entre os dois, intenso e tórrido, é, porém, abruptamente interrompido por um acidente de automóvel na costa italiana onde ambos passavam férias.

Decorridos vinte anos sem notícias de Fabrizio, Helena recebe uma carta da filha dele com um pedido ousado e urgente. Para o satisfazer, terá de lançar-se na mais arriscada aventura da sua vida, envolvendo-se com gente perigosa numa autêntica corrida contra o tempo. Tudo para salvar o homem que tanto amou. 

Muitos anos mais tarde, Carlos - o sobrinho-neto preferido de Helena - conhece Francesca, uma rapariga italiana que também precisa de ser salva e que o destino transforma em tradutora de cartas de amor. 

Parem todos os Relógios é uma narrativa fluida e aliciante sobre as consequências do amor, que combina magistralmente elementos de thriller policial, história de amor e épico familiar.

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Novidades de Fevereiro - A Verdade e as Mentiras de Ella Black de Emily Barr



SINOPSE

E se a tua vida não passasse de uma grande mentira?

Aquele parecia ser um dia normal, como tantos outros na vida da jovem Ella Black. Mas, subitamente, Ella é surpreendida no liceu pelos próprios pais. Sem aviso nem explicações, levam-na e os três partem de Londres para o Rio de Janeiro, numa viagem inesperada e misteriosa.

Confusa e sem respostas convincentes, Ella pergunta-se de que coisas terríveis estarão os pais a fugir. O que os terá levado a deixar tudo para trás?

Longe dos amigos e da vida que sempre conheceu, sente- -se ainda mais perdida quando se depara com uma revelação impensável: Ella é adotada e os pais adotivos levaram-na para o Brasil para fugir da mãe biológica.

Desesperada com esta nova realidade e em busca de explicações, foge de casa, iniciando uma perigosa jornada pelas ruas e favelas da cidade.

Mas que outras revelações virão do seu passado?
Estará Ella preparada para enfrentar a verdade?

Uma aventura de busca de identidade, passada num ambiente exótico e perigoso, com que o público jovem adulto facilmente se identificará.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Novidades de Fevereiro - A Arte Subtil de Saber Dizer Que Se F*, Mark Manson





SINOPSE
Uma abordagem que nos desafia os instintos e nos força a questionar tudo o que sabemos sobre a vida

Durante décadas convenceram-nos de que o pensamento positivo era a chave para uma vida rica e feliz. Mas esses dias chegaram ao fim. Que se f*da o pensamento positivo! Mark Manson acredita que a sociedade está contaminada por grandes doses de treta e de expectativas ilusórias em relação a nós próprios e ao mundo.

Recorrendo a um estilo brutalmente honesto, Manson mostra-nos que o caminho para melhorar a nossa vida requer aprender a lidar com a adversidade. Aconselha-nos a conhecer os nossos limites e a aceitá-los, pois no momento em que reconhecemos os nossos receios, falhas e incertezas, podemos começar a enfrentar as verdades dolorosas e a focar-nos no que realmente importa.

Recheado de humor e experiências de vida, A Arte Subtil De Saber Dizer Que Se F*da é o soco no estômago que as novas gerações precisam para não se perderem num mundo cada vez mais fútil.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Opinião - Pecados Santos de Nuno Nepomuceno




Já tinha lido um dos livros da trilogia do Nuno Nepomuceno, o Espião Português e adorei.
Este novo livro pareceu-me igualmente bom e as críticas são muito favoráveis.

Não desiludiu!
Gostei muito deste livro, para mim tem todos os ingredientes de um excelente livro: uma escrita fluída; capítulos pequenos; uma história deveras cativante que nos prende desde as primeiras páginas; personagens interessantes; e um bom ritmo na história que nos faz não querer parar a leitura.

A história começa com uma série de homicídios, cujos cenários recriam episódios bíblicos, um em Lisboa e outro em Londres. Será que estão ligados entre si?

Suspeita-se de um jovem professor português a dar aulas numa faculdade em Londres. A mãe pede ajuda a um antigo namorado da juventude, o professor Afonso Catalão que também foi professor do filho e da sua irmã gémea. Ela não acredita que o filho seja o culpado e pede ao amigo ajuda para falar com filho e convencê-lo a defender-se das acusações de que é alvo.

Com a ajuda da namorada jornalista do Professor Catalão e das autoridades, vão tentar descortinar o que aconteceu e quem cometeu tão violentos actos.

Classificação: 5/5


SINOPSE
Nas comunidades judaicas de Londres e Lisboa, ocorre uma série de homicídios, todos eles recriando episódios bíblicos. Atos bárbaros de antissemitismo ou de pura vingança? Um rabino é encontrado morto numa das mais famosas sinagogas de Londres. O corpo, disposto como num quadro renascentista, representa o sacrifício do filho de Abraão, patriarca do povo judeu. O caso parece ficar encerrado quando um jovem professor universitário a lecionar numa das faculdades da cidade é acusado do homicídio. Descendente de portugueses, existem provas irrefutáveis contra si e nada poderá salvá-lo da vida na prisão.

Mas é então que ocorrem outros crimes, recriando episódios bíblicos em circunstâncias cada vez mais macabras. E as dúvidas instalam-se. Estarão ou não estes acontecimentos relacionados? Poderá o docente vir a ser injustamente condenado? Porque insistirá a sua família em pedir ajuda a um antigo professor, ele próprio ainda em conflito com os seus próprios pecados? As autoridades contratam uma jovem profiler criminal para as ajudar a descobrir a verdade. Mas conseguirá esta mente brilhante ultrapassar o facto de também ela ter sido uma vítima no passado? Abordando temas fraturantes da sociedade contemporânea como o antissemitismo e o conflito israelo-árabe, e inspirando-se nos Dez Mandamentos e noutros episódios marcantes do Antigo Testamento, Pecados Santos guia-nos através das ruas históricas de Londres, Lisboa e Jerusalém, numa viagem intimista e chocante sobre o que de mais negro e vil tem a condição humana.