Livros Lidos

Inês - 's bookshelf: read

O Grande Gatsby
Isto Acaba Aqui
A Cabana
Escrito na Água
A Rapariga Que Sonhava com Uma Lata de Gasolina e Um Fósforo
A Rapariga de Antes
O Império dos Homens Bons
Em Parte Incerta
O apelo da selva
Os Homens que Odeiam as Mulheres
Diário de Anne Frank
A Princesa de Gelo
A Quinta dos Animais
Maligna
Como é Linda a Puta da Vida
Um estranho lugar para morrer
A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert
A Rapariga no Comboio
Mulheres, Comida & Deus
A aventura do bolo de natal


Inês - Livros e Papel's favorite books »

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Novidade de outubro - A Outra Mulher de Mary Kubica

 


Comprar aqui


SINOPSE

Ela pode tentar fugir.
Mas não vai conseguir escapar... à outra mulher.

Sadie e Will Foust acabam de se mudar com os dois filhos para uma ilha na costa do Estado do Maine, deixando para trás uma vida em Chicago que lhes trouxe muitos dissabores a nível familiar e profissional. Quando a sua vizinha Morgan Baines é brutalmente assassinada em casa, o homicídio choca a pequena comunidade, mas ninguém fica mais abalado do que Sadie, aterrorizada por haver um assassino por perto.

Mas não é apenas aquele crime que aflige Sadie. É a velha e misteriosa casa que herdaram da irmã de Will, depois de esta se ter suicidado. É a problemática sobrinha adolescente, com a sua presença sombria e ameaçadora. E é o passado conturbado que continua a pesar sobre a estrutura, já frágil, daquela família.

À medida que a investigação ao homicídio prossegue, as suspeitas começam a recair sobre Sadie, que se vê cada vez mais envolvida no mistério da morte de Morgan. Só que Sadie precisa de ter cuidado, pois, quanto mais ela descobre sobre a Sra. Baines, mais se apercebe de tudo o que pode perder se a verdade vier ao de cima.

CRÍTICAS DE IMPRENSA
«Um thriller psicológico hipnotizante, intenso e dramático. Perfeito para fãs de A. J. Finn e Gillian Flynn.»
Library Journal

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Novidade de novembro

 






SINOPSE

Em UMA TERRA PROMETIDA, Barack Obama narra, na primeira pessoa, a história da sua improvável odisseia, de jovem em busca da própria identidade a líder do mundo livre, descrevendo com uma minúcia extraordinariamente pessoal quer a sua educação política quer os marcos do primeiro mandato da sua histórica presidência -um tempo de dramática transformação e turbulência.

Barack Obama convida os leitores a embarcar numa viagem emocionante, desde as suas primeiras aspirações políticas à decisiva vitória na convenção do Iowa até à noite que marcou o ponto de viragem na História, o 4 de novembro de 2008, quando foi eleito o 44.º presidente dos Estados Unidos da América e se tornou o primeiro afro-americano a assumir o cargo mais importante do país.

Refletindo sobre a presidência, Obama explora de forma singular e ponderada o tremendo alcance dos poderes presidenciais, bem como os seus limites, e oferece-nos um ponto de vista privilegiado sobre a dinâmica partidária americana e a diplomacia internacional. Transporta os leitores para o interior da Sala Oval e da Sala de Crise da Casa Branca, para Moscovo, Cairo, Pequim, e leva-os ainda mais longe. Privamos dos seus pensamentos enquanto constitui o seu gabinete, luta contra uma crise financeira global, tira as medidas a Vladimir Putin, supera obstáculos aparentemente inultrapassáveis para assegurar a aprovação da lei de acesso geral a cuidados de saúde (AffordableCareAct), entra em rota de colisão com os generais acerca da estratégia dos EUA para o Afeganistão, lida com a reforma de Wall Street, reage à devastadora crise provocada pela explosão da plataforma petrolífera Deepwater Horizon e dá luz verde à Operação Lança de Neptuno, que culminou com a morte de Osama bin Laden.

UMA TERRA PROMETIDA é uma obra extraordinariamente íntima e introspetiva – a história do compromisso de um homem com a História, da fé de um líder comunitário posto à prova no palco mundial. Obama é franco quando fala sobre o exigente equilíbrio de se candidatar à presidência como americano negro, carregando as expectativas de toda uma geração inspirada por mensagens de “esperança e mudança”, e, ao mesmo tempo, cumprir os desafios morais da tomada de decisões ao mais alto nível. É honesto sobre as forças que lhe fizeram oposição, no seu país e no estrangeiro, é sincero sobre como a vida na Casa Branca afetou a sua mulher e as suas filhas e não tem receio de revelar as suas dúvidas e desilusões. Contudo, nunca vacila na sua convicção de que na grande missão americana, ainda em curso, o progresso é sempre possível.

Este livro, maravilhosamente escrito e poderoso, expressa a convicção de Barack Obama de que a democracia não é uma dadiva caída do céu mas uma conquista alicerçada na empatia e na compreensão mútua, construída em conjunto dia após dia.



segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Passatempo do Desapego







Olá a todos,

Hoje trago-vos um Passatempo do Desapego.
Não haverá 1 vencedor, nem 2 vencedores mas sim 3 vencedores!
Os prémios são estes livros na foto, são livros meus mas que estão como novos.

Para se habilitarem a ganhar um destes livros, Príncipe de Fogo de Daniel Silva, Um Refúgio para a Vida de Nicholas Sparks ou Private de James Patterson, basta preencher o formulário com os seguintes dados obrigatórios:


- Nome (primeiro e último);
- E-mail;
- Nome de seguidor do blogue;
- Nome de seguidor do blogue no Facebook;
- Link de partilha do passatempo numa rede social (em modo público).


Para ganharem entradas extras basta seguirem o blogue no Instagram e comentar um post no blogue, que não este do passatempo.


O passatempo inicia-se hoje, dia 14 de setembro e termina dia 25 de setembro às 00h00.


Os vencedores serão escolhidos aleatoriamente através do Rafflecopter, sendo contactados por email para reclamar o seu prémio.

Válido apenas para Portugal.


Boa sorte!



a Rafflecopter giveaway







domingo, 13 de setembro de 2020

Novidade de setembro

 


Comprar aqui


SINOPSE

Este é um dos casos mais perturbadores em que o Inspetor Fawley já trabalhou

São férias de Natal e duas crianças acabam de ser retiradas dos destroços de uma casa em chamas no norte de Oxford. O bebé está morto e irmão foi transportado para o hospital onde luta pela vida. Como é que duas crianças tão pequenas são deixadas sozinhas em casa? Onde está a mãe? E porque é que o pai não atende o telefone?
Quando novas provas são descobertas, o pior pesadelo de DI Fawley torna-se realidade.
Porque este incêndio não foi um acidente.
E o assassino ainda anda lá fora.

CRÍTICAS DE IMPRENSA
Sem Saída, de Cara Hunter, confirma o lugar da autora na primeira fila dos escritores britânicos de thrillers

Sunday Times

Rica em detalhes, plena de tensão e apimentada com o humor sombrio da Hunter, esta é uma série que está a alcançar novos patamares de excelência.

Pam Norfolk, Lancaster Guardian

Surpreedente e inquietante. . . Hunter expõe as fragilidades humanas assim como as lacunas sociais e governamentais e ainda as falhas pessoais e de personalidade dos detetives e da polícia, tudo enquanto celebra a humanidade daqueles que juram servir e proteger. Os leitores ficarão sempre à espera da próxima aventura de Fawley.

Publishers Weekly

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Opinião - Encontrar-me, Encontrar-te, Encontrá-lo de Maria Cunha e Silva






Este é o segundo livro da autora Maria Cunha e Silva.

Nesta história conhecemos Júlia, uma jovem de 23 anos que, apesar da terna idade, já passou por muito na sua vida. Ela sente que não aguenta mais viver a vida que leva, precisa de uma mudança. E precisa encontrar-se... O sonho de fazer uma viagem à Tailândia acaba por se concretizar depois de algum tempo a juntar dinheiro para a viagem e depois de, numa noite, ter finalmente tomado coragem para comprar o bilhete de avião.

Em Portugal deixa a sua avó que está doente e internada num hospital mas com a ajuda de uma grande amiga da família, decide ir na mesma na tão desejada viagem.

Acompanhamos a viagem da Júlia, os seus medos, os seus receios mas também a expectativa, a emoção e ansiedade de conhecer um pais tão diferente do nosso.

A trama e a escrita da autora prenderam-me logos nos primeiros capítulos. Apesar de ter havido um período na história que me desmotivou um pouco pois houve pouca acção, o resto do livro ganhou  bastante ritmo e foi lido muito rapidamente. 
Gostei das descrições da Tailândia, dos monumentos, das praias, das comidas e das pessoas. Fui pesquisando os monumentos à medida que ia lendo.

Um romance jovem sobre mudança, resiliência, novas oportunidades, amizade e claro, amor.
O final deixa o leitor com muita vontade de saber se haverá um próximo livro.

Classificação:4/5

Agradeço à editora o envio de um exemplar autografado pela autora.





SINOPSE

Júlia compra um bilhete só de ida para a Tailândia numa daquelas madrugadas onde somos apenas pensamentos loucos e planos inesperados. Por loucura e cansaço, decide entregar-se ao destino, mesmo que ele só a tenha quebrado e tirado tudo aquilo que amava. Treme por medo e sonha acordada por não saber o que a espera e por desejar que aquilo que sonha se concretize.

Os próximos meses são um mistério num país que não sabe o seu nome nem as suas dores. Quer descobrir as respostas para as perguntas que carrega no seu peito, mas acabará por viver o que nunca esperou.

Será que Júlia se irá encontrar depois de encontrar o que não estava nos seus planos?

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Novidade de setembro - A Faca de Jo Nesbø


~





SINOPSE

Harry Hole está em maus lençóis. Rakel, a única mulher que algum dia amou, deixou-o de vez. A Polícia de Oslo ofereceu-lhe uma nova oportunidade, mas para resolver casos menores, quando na realidade o que ele pretendia era investigar Svein Finne, o violador e assassino em série que, em tempos, pusera atrás das grades. E agora, Finne está livre depois de mais de uma década na prisão, e Harry determinado a investigar todas as suspeitas que continuam a recair sobre ele.

Mas nada lhe corre como gostaria e a cada dia que passa só vê piorar a sua situação. Quando, depois de uma noite de embriaguez total, Harry acorda de manhã completamente desmemoriado e com sangue nas mãos, percebe que algo de estranho se passou. Porém, o que nessa altura Harry ainda não sabe, é que acordou apenas para viver o pior pesadelo de toda a sua vida.

Em A Faca, Jo Nesbø faz-nos entrar numa montanha-russa de emoções em que o medo, o suspense, a morte, a vingança, mas também a força redentora do amor, se entrelaçam para nos deixar arrepiados da primeira à última página.
CRÍTICAS DE IMPRENSA
«Um dos 10 melhores policiais da década.»
The Times, UK


domingo, 30 de agosto de 2020

Opinião - O Anjo de Munique de Fabiano Massimi






Esta história situa-se em 1931 em Munique, na Alemanha, antes de Adolf Hitler ter sido nomeado Chancelar da Alemanha e pouco antes das eleições que deram a vitória ao partido nazi.

A trama centra-se na morte de Angela Raubal, conhecida por Geli. O inspector Sigfried Sauer é chamado a ir a um luxuoso apartamento onde Geli jaz morta, com um revolver ao seu lado. Tudo leva a crer que se trata de um suicídio. Mas assim que chega, o inspector sabe que aquela morada é de Adolf Hitler, o político mais famoso e poderoso da Alemanha. Geli é sobrinha de Hitler.

Há logo pressão para que a investigação corra o mais rapidamente possível para o caso ficar resolvido e ser arquivado. Mas começam a surgir questões algo duvidosas e até outras mortes ligadas à vítima.

O inspector fica sem saber o que fazer pois tanto recebe "instruções" para arquivar o processo tendo a morte sido suicídio, como recebe "instruções" para continuar a investigar e descobrir a verdade dos factos, custe o que custar.

Foi um livro que me prendeu logo desde os primeiros capítulos e que se tornou empolgante e viciante de ler. Gostei do contexto histórico e de todas as descrições relacionadas com o clima que já se sentia na Alemanha, as movimentações que já havia em torno do partido de Hilter. Uma trama com muito ritmo, sem momentos pouco interessantes, o que torna este thriller histórico emocionante.

Classificação: 4/5

Agradeço à editora o envio de um exemplar.




SINOPSE

Munique, Setembro de 1931. Faltam poucas semanas para que umas eleições históricas outorguem o poder aos nazis. O comissário Sigfried Saue é chamado com urgência a um elegante apartamento, onde Angela Raubal, 22 anos, conhecida como Geli, é encontrada no seu quarto sem vida. Ao lado do corpo um revólver, tudo sugere que se trata de um suicídio. Geli, no entanto, não é uma mulher comum e o apartamento onde vivia e morreu, bem como o revólver que disparou o tiro fatal, não pertencem a um homem qualquer, são do seu «tio Alf», que o resto da Alemanha como Adolf Hitler, o político mais notório do momento. Em parte também por causa dessa estranha relação com a sua sobrinha, fonte de indignação e escândalo entre as fileiras dos seus inimigos e entre os seus colaboradores mais próximos. Sempre juntos, sempre felizes e sorridentes numa intimidade adolescente. O inspector Sauer se encontra dividido na sua investigação entre aqueles que o mandam encerrar a investigação passadas escassas horas e aqueles que o instruíram a ir ao fundo do caso e descobrir a verdade, qualquer que seja.

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Opinião - O Rio de Esmeralda de José Rodrigues





Esmeralda, a nossa protagonista nesta história, é uma mulher do interior norte do país que veio estudar para Lisboa. Acabou por casar com Carlos e tiveram dois filhos, Miguel e Francisco. Trabalha na banca e tem uma vida confortável, muito centrada na família.

Um dia recebe um convite para o lançamento da primeira pedra de um empreendimento turístico na aldeia onde vivia, Vila do Rio e o nome do engenheiro da obra chama-lhe a atenção. Esmeralda consegue confirmar que se trata de António, o seu amor de juventude. Foram ambos para Lisboa estudar mas a vida acabou por os separar e levar para caminhos diferentes. 
Um acontecimento trágico na vida de Esmeralda levou a que nunca mais regressasse à aldeia que a viu nascer. 

Esmeralda contacta Inês, uma amiga de longa data da aldeia e pede-lhe para ir junto com ela à festa. Inês aceita. Mas será que esse amor de juventude ficou esquecido e resolvido? Como será o reencontro com António mais de 20 anos depois?

Mais uma vez uma bonita história. Gostei muito deste livro e da escrita do autor que consegue envolver o autor e fazê-lo entrar na trama. Uma história de amor, amizade, saudade e também família. As memórias são poderosas e a história de Esmeralda e António mostra que os amores antigos devem e podem ficar bem resolvidos.

Como já é hábito nos livros do autor, a história é acompanhada de fotografias a preto e branco no início de cada capítulo. Gosto muito desta conjugação das palavras com a imagem.

O autor irá lançar um novo livro disponível nas livrarias a 3 de setembro, Dias de Outono, desta vez editado pela Porto Editora. Irei ler sem dúvida.


Classificação: 4/5

Agradeço ao autor o envio de um exemplar deste livro.


SINOPSE
«O tempo não apaga tudo, sobretudo quando no tudo está incluído um grande amor.»

Esmeralda e António viveram, em jovens, um amor profundo, bruscamente interrompido quando Esmeralda se vê forçada a abandonar a aldeia onde ambos viviam. Os jovens prosseguiram, entretanto, as suas vidas, felizes com o que o destino lhes proporcionou.

Quando ambos estão já na idade madura, a inauguração de um empreendimento turístico na aldeia é o pretexto ideal para o reencontro há muito desejado. Sentimentos há muito esquecidos voltam à superfície, mais fortes do que nunca, e o que antes era desvio parece ser agora o melhor dos caminhos. Entre a doçura da memória e a realidade do presente, a escolha nem sempre é linear…