Livros Lidos

Inês - 's bookshelf: read

O Grande Gatsby
Isto Acaba Aqui
A Cabana
Escrito na Água
A Rapariga Que Sonhava com Uma Lata de Gasolina e Um Fósforo
A Rapariga de Antes
O Império dos Homens Bons
Em Parte Incerta
O apelo da selva
Os Homens que Odeiam as Mulheres
Diário de Anne Frank
A Princesa de Gelo
A Quinta dos Animais
Maligna
Como é Linda a Puta da Vida
Um estranho lugar para morrer
A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert
A Rapariga no Comboio
Mulheres, Comida & Deus
A aventura do bolo de natal


Inês - Livros e Papel's favorite books »

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Novidades de Abril - A minha avó pede desculpa de Fredrik Backman



SINOPSE

Elsa tem sete anos de idade, quase oito, e é diferente. Para já, tem como melhor - e única - amiga a avó de setenta e sete anos de idade, que é doida: não levemente taralhoca, mas doida varrida a sério, capaz de se pôr à varanda a tentar atingir pessoas que querem falar sobre Jesus com uma arma de paintball, ou assaltar um jardim zoológico porque a neta está triste. Todas as noites, Elsa refugia-se nas histórias da Avozinha, cujo cenário é o reino de Miamas, na Terra-de-Quase-Acordar, um reino mágico onde o normal é ser diferente.

Quando a Avozinha morre de repente e deixa uma série de cartas a pedir desculpa às pessoas que prejudicou, tem início a maior aventura de Elsa. As cartas levam-na a descobrir o que se esconde por detrás das vidas de cada um dos estranhíssimos moradores de um prédio muito especial, mas também à verdade sobre contos de fadas, reinos encantados e a forma como as escolhas do passado de uma mulher ímpar criam raízes no futuro dos que a conheceram.

A minha avó pede desculpa é uma belíssima história, contada com o mesmo sentido de humor e a mesma emoção que o romance de estreia de Fredrik Backman, o bestseller internacional Um homem chamado Ove.
CRÍTICAS DE IMPRENSA
«Em linha com Roald Dahl e Neil Gaiman. Um retrato emocionante, por vezes engraçado e muitas vezes sábio, sobre o sofrimento profundo.»
Kirkus Reviews
«Quando começar a leitura de A minha avó pede desculpa, tenha à mão uns quantos lenços de papel, mas também o seu sentido de humor. Este é esse tipo de livro – se não o ler, nunca se perdoará.»
Business Insider
«Tão rude e adorável como o protagonista do romance de estreia de Backman, a precoce Elsa irá facilmente entrar no coração dos leitores que gostam de personagens com garra. Uma homenagem deliciosa ao poder das histórias que consolam e curam, o terno conto de Backman acerca da relação emocionante entre uma avó e uma neta é um tributo à eternidade e profundidade dos laços familiares.»
Booklist
«Cheio de amor, esperança, perdão e compreensão das diferenças, a história de Elsa acompanhá-lo-á muito depois de ter virado a última página.»
Library Journal
«Backman continua a escrever com o mesmo charme e entusiasmo.»
Publishers Weekly
«O que eu admiro nas histórias de Backman é a sua honestidade, e a perspetiva sobre o sofrimento e a perda daqueles que mais amamos.
Recomendaria este livro aos fãs de Neil Gaiman, já que a narrativa é fantástica e emocionante.»
Sun-Gazette

Sem comentários:

Enviar um comentário